Medicamentos falsificados: Criada associação para implementar sistema de verificação a nível nacional 0 100

Medicamentos falsificados: Criada associação para implementar sistema de verificação a nível nacional

 


07 de agosto de 2017

Foi formalizada, no dia 4 de agosto, a constituição da MVO Portugal – Associação Portuguesa de Verificação de Medicamentos, com o objetivo de implementar o sistema europeu de verificação de medicamentos, em Portugal, através da criação e gestão de uma plataforma nacional.

Para Manuela Pacheco, presidente da Associação de Farmácias de Portugal (AFP), a constituição desta associação, que envolveu todos os intervenientes da cadeia do medicamento, «que se inicia com a produção e termina com a dispensa ao utente, é de grande importância, pois é urgente combater a falsificação para que todos os cidadãos tenham acesso a uma saúde de qualidade».

«A contrafação de medicamentos constitui uma ameaça para a Saúde Pública e leva a uma perda de confiança na medicação, nos profissionais de saúde e no próprio Sistema de Saúde», reforçou a presidente da AFP.

De acordo com uma nota, a nova associação envolve, além da AFP, a ANF (Associação Nacional das Farmácias), a APIFARMA (Associação Portuguesa da Indústria Farmacêutica), a APOGEN (Associação Portuguesa de Medicamentos Genéricos e Biossimilares), a APIEM (Associação Portuguesa de Importadores e Exportadores de Medicamentos), a ADIFA (Associação de Distribuidores Farmacêuticos), e a GROQUIFAR (Associação de Grossistas de Produtos Químicos e Farmacêuticos).

Envie este conteúdo a outra pessoa