INSA continua a recrutar participantes para estudo em mulheres grávidas 152

O Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA) está a recrutar participantes para um estudo em mulheres grávidas, com a designação de HBM4EU-MOM.

O objetivo é avaliar a exposição das mulheres grávidas ao mercúrio, sendo que as participantes devem ser residentes em Espanha, Grécia, Islândia, Chipre ou Portugal.

Os dados obtidos serão importantes para sustentar uma decisão relativa às medidas que visem a redução da exposição da população ao mercúrio.

Neste estudo, estão autorizadas a participar mulheres grávidas, com idades compreendidas entre os 18 e os 45 anos e que residem em Portugal há três ou mais anos. As participantes que tenham problemas de saúde ou que se encontrem grávidas de um único filho não podem participar no estudo.

Será solicitado às participantes que forneçam uma pequena amostra de cabelo para a medição dos níveis de mercúrio e que respondam a um inquérito por telefone, que vai incluir perguntas sobre o estilo de vida e saúde.

Este estudo irá incluir cerca de 130 mulheres grávidas portuguesas, num total de 650 mulheres a nível europeu. As participantes poderão ter acesso aos seus resultados e a sua participação não terá qualquer custo.

Posteriormente, os dados recolhidos serão comparados com os dados dos países europeus que também participaram no estudo.

Este estudo é desenvolvido na sequência da Iniciativa Europeia de Biomonitorização Humana (HBM4EU), financiado através do Programa Horizonte 2020 da Comissão Europeia e dos governos nacionais dos países participantes.

Para consultar mais informações, clique aqui. 

Envie este conteúdo a outra pessoa