Hospitais terão de comprar plasma ao Instituto do Sangue 0 102

Hospitais terão de comprar plasma ao Instituto do Sangue

20 de dezembro de 2016

O Instituto Português do Sangue e Transplantação (IPST) será a primeira entidade à qual os hospitais públicos deverão recorrer, em primeiro lugar, para obterem plasma e derivados do sangue. Esta premissa está presente num despacho do Governo, que deverá ser publicado durante esta semana, avançou o “Público”.

Esta imposição irá permitir que Portugal deixe de estar dependente de empresas estrangeiras, na área do plasma. No entanto, a aplicação desta medida poderá demorar algum tempo. O IPST terá de reunir condições para estar apto a tratar do plasma dos dadores portugueses, tornando segura a sua utilização.

No despacho a tutela vai ainda criar uma comissão de acompanhamento, que terá representantes do IPST e de associações de doentes e de dadores, lê-se no “Público”.

Em 2013, o Instituto Português do Sangue e Transplantação começou a tratar o plasma dos dadores através de um método próprio, mas apenas distribuiu aos hospitais 1.600 unidades, segundo adiantou ao “Público”. Existe um outro método de inativação do plasma, que permite uma distribuição muito mais célere, mas a empresa Octapharma é a única que detém esta metodologia. Os especialistas também preferem adquirir este último plasma, alegando que é mais seguro.

Envie este conteúdo a outra pessoa