Governo preocupado com contrafação de medicamentos e falsificação de receitas 0 128

Governo preocupado com contrafação de medicamentos e falsificação de receitas

10 de Dezembro de 2015

A contrafação de medicamentos e a falsificação de receitas são duas questões que terão especial atenção por parte do Ministério da Saúde durante esta legislatura, declarou ontem Adalberto Campos Fernandes, à saída de um encontro sobre corrupção que assinalava o dia mundial dedicado ao problema.

A monitorização dos subsistemas públicos de saúde, com destaque para a ADSE, pelo número de beneficiários que abrange e a vigilância do sistema de gestão de inscritos para cirurgia, a aquisição de dispositivos médicos e equipamentos e ainda a adjudicação de obras, também serão levadas a cabo por este executivo.

«A fraude na saúde é endémica», declarou ontem o ministro da Saúde,

À margem do evento, o ministro assumiu o combate à corrupção e à fraude. como sendo uma das prioridades do Ministério da Saúde, e elogiou os esforços realizados nesta matéria pelo anterior ministro, Paulo Macedo, noticiou o “Público”.

«Achamos socialmente intolerável que a saúde possa servir para desvio inapropriado de fundos num quadro de restrições financeiras, em que precisamos de encontrar meios para financiar a inovação terapêutica e de compensar melhor os profissionais», acrescentou.

Envie este conteúdo a outra pessoa