Estudo sobre Alzheimer com neurónios em 3D ganha prémio 0 119

Estudo sobre Alzheimer com neurónios em 3D ganha prémio

26 de Março de 2015

O estudo de mecanismos da doença de Alzheimer, usando culturas de neurónios humanos em 3D, foi distinguido com o Prémio de Investigação Santander Totta/UNL.

A investigadora Cláudia Almeida, da Faculdade de Ciências Médicas, da Universidade Nova de Lisboa (UNL), líder da pesquisa premiada, pretende criar um modelo experimental da doença na sua forma tardia. Os 25 mil euros que irá receber, no dia 22 de abril, no auditório da reitoria daquela universidade, poderão ser uma ajuda para a implementação desta ideia.

«Com esta verba, e com o trabalho que ela vai permitir realizar, esperamos obter até final do ano os resultados preliminares necessários para validar o nosso modelo experimental», adiantou ao “DN” Cláudia Almeida.

Envie este conteúdo a outra pessoa