Ébola: Vírus está em mutação e pode tornar-se mais contagioso 0 151

Ébola: Vírus está em mutação e pode tornar-se mais contagioso

29 de Janeiro de 2015

Os investigadores do Instituto Pasteur, em França, que identificaram a epidemia do vírus do Ébola em março do ano passado, querem verificar se o vírus se tornou mais contagioso. A equipa já começou a analisar amostras de sangue de pessoas infetadas com a doença na Guiné, noticiou o “Diário de Notícias”.

Até ao momento, mais de 22 mil pessoas foram infetadas com o Ébola e cerca de 8.800 já morreram na Guiné, Serra Leoa e Libéria.

Segundo a “BBC”, os investigadores querem perceber se vírus se está a transformar de forma a conseguir propagar-se mais rapidamente de pessoa para pessoa. «Sabemos que o vírus está a mudar muito», confirmou o geneticista Anavaj Sakuntabhai. «Isso é importante para diagnosticar novos casos e para o tratamento. Precisamos de saber como o vírus está a alterar-se para nos mantermos a par do nosso inimigo».

O vírus do Ébola, tal como o do VIH e da gripe, tem uma alta taxa de mutação, que lhe permite adaptar-se, aumentando o seu potencial de contágio. Segundo o especialista, nos últimos meses surgem cada vez mais casos de Ébola assintomáticos; os portadores sem sintomas podem estar na origem de uma propagação mais rápida da doença, mas essa hipótese ainda não foi confirmada cientificamente. «Um vírus pode tornar-se menos mortífero mas mais contagioso e é disso que temos receio», referiu Anavaj Sakuntabhai.

Envie este conteúdo a outra pessoa