Covid-19: Infarmed indica que o SNS já tratou 133 doentes com Remdesivir 260

Na conferência de imprensa diária sobre a evolução da pandemia de covid-19, a Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde, I.P. (Infarmed) anunciou, que até ao momento, o Serviço Nacional de Saúde (SNS) já tratou 133 doentes com o novo coronavírus com o fármaco Remdesivir.

“Temos conseguido assegurar a disponibilização do medicamento aos doentes para os quais ele tem sido prescrito. Neste momento, foram já tratados com Remdesivir 133 doentes à data de hoje no SNS. Neste âmbito, foi anunciado hoje pela Comissão Europeia que vão ser disponibilizadas quantidades adicionais do medicamento”, afirmou Rui Santos Ivo, presidente do Infarmed.

A informação foi dada no seguimento do anúncio de que a Comissão Europeia oficializou um contrato de 63 milhões de euros com a farmacêutica Gilead para assegurar tratamentos com este antiviral na União Europeia (UE).

“Trata-se de uma quantidade para satisfazer as necessidades neste período de transição entre o problema de acesso precoce e a disponibilização normal do medicamento. Vai ser feita pela Comissão Europeia, em conjugação com o Centro Europeu para o Controlo de Doenças (ECDC, na sigla inglesa), uma alocação, tendo em conta a situação epidemiológica dos países”, explicou o presidente do Infarmed, que acrescentou que o SNS tem neste momento “quantidades disponíveis” de Remdesivir.

Envie este conteúdo a outra pessoa