Covid-19: CureVac retira pedido de vacina para ser administrada na UE 134

A CureVac retirou o pedido feito à Agência Europeia de Medicamentos (EMA) para administração da sua vacina contra a covid-19 na União Europeia (UE).

“A EMA terminou a análise contínua da CVnCoV, a vacina contra a covid-19 da CureVac, após a empresa ter informado a agência de que retirava do processo”, informou a EMA, em comunicado.

O EMA indica que este pedido, feito por carta, “a empresa declarou que se retirou por ter decidido concentrar os seus esforços num programa diferente de desenvolvimento da vacina anticovid-19”.

A EMA adiantou ainda, que se a CureVac assim o entender, pode sempre “solicitar outra análise contínua ou de apresentar um pedido de autorização de comercialização no futuro”.

O comité de medicamentos para uso humano da EMA estava, desde fevereiro de 2021, a rever os dados relativos à CVnCoV no âmbito de uma análise contínua.

Até ao momento, já tinham chegado à EMA dados não clínicos (laboratoriais), dados de estudos clínicos em curso e ainda dados sobre a qualidade e o processo de fabrico da vacina e o plano de gestão de riscos.

Envie este conteúdo a outra pessoa