Farmácias Vale do Mouro: «Por uma sociedade melhor e mais colorida» 835

 

 

“Crianças Saudáveis são Crianças Felizes” é o mote do evento solidário, organizado pelo Grupo das Farmácias Vale do Mouro, que pretende angariar medicamentos não sujeitos a receita médica e produtos de bem-estar e beleza, durante o mês de junho, na Farmácia Vale do Mouro Monção, na Farmácia Vale do Mouro Melgaço e no Espaço Saúde Lisboa Social, nos Serviços Sociais da Câmara Municipal de Lisboa. Os produtos e o montante recolhidos revertem a favor da Fundação do Gil. O Portal Netfarma esteve à conversa com Marco Guerreiro, gestor de Marketing e Comunicação do Grupo das Farmácias Vale do Mouro, sobre esta iniciativa.

NETFARMA – Como surgiu a ideia de as Farmácias Vale do Mouro desenvolverem a campanha “Crianças Felizes são Crianças Saudáveis”?

MARCO GUERREIRO – As Farmácias Vale do Mouro consideram a Responsabilidade Social fulcral no seio da sua atividade. Partindo da premissa de que não podemos mudar o que está menos bem na sociedade, acreditamos que nós enquanto empresa podemos contribuir para a tornar melhor e mais colorida, através deste tipo de iniciativas. Acreditamos que as crianças de hoje são os adultos de amanhã. Desta forma, se crescerem de forma saudável são mais felizes, daí o mote desta campanha. A ideia de desenvolver esta campanha de solidariedade prende-se com o facto de se tratar de crianças que, de alguma forma, se deparam com uma vicissitude na sua vida.

NF – Qual é o principal objetivo desta iniciativa?
MG – O objetivo desta campanha prende-se, numa primeira fase, com a angariação de medicamentos não sujeitos a receita médica e produtos de saúde e bem-estar para as crianças da Casa do Gil. E numa segunda fase, o grupo Farmácia Vale do Mouro contribuirá com 10% do valor das compras dos produtos afetos a esta campanha, realizadas nos nossos espaços, que será doado à instituição. O objetivo final é o de melhorar o dia a dia destas crianças, nomeadamente no que respeita à saúde e bem-estar, facilitando-lhes o acesso a este tipo de produtos.

NF – Porque decidiram associar-se à Casa do Gil?
MG – Decidimos associar-nos à Casa do Gil, por ser o único Centro de Acolhimento Temporário Infantil no nosso país, com cuidados pós-hospitalares. Recebe crianças com idades compreendidas entre os 0 e 12 anos de idade, devidamente sinalizadas e provenientes dos hospitais, e que se encontram em risco clínico e/ ou social. Funciona como uma plataforma de transição fundamental para a reintegração social plena destas crianças, preferencialmente, no seu ambiente familiar.

NF – Este é um exemplo em que a Farmácia se associa a uma causa social. Considera que os vários atores da área da saúde deveriam intensificar as suas políticas de responsabilidade social?
MG – Não poderia estar mais de acordo. Quantos mais formos os autores promotores deste tipo de iniciativas, melhor e mais colorida será a nossa sociedade. Dada a relevância deste tipo de ações, as Farmácias Vale do Mouro, decidiram pelo menos uma vez por ano, abraçar uma causa como esta, passando contudo por outras áreas de atuação tão nobres quanto esta, transversais a todos nós.

 

A revista Farmácia Distribuição e o portal Netfarma são media partners desta iniciativa.

WordPress Ads

Envie este conteúdo a outra pessoa