Apenas uma pílula do dia seguinte está presente na lista de MNSRM-EF, OF «não entende» 688

Apenas uma pílula do dia seguinte está presente na lista de MNSRM-EF, OF «não entende»

03 de Maio de 2016

Apenas a pílula do dia seguinte mais recente faz parte da lista de medicamentos não sujeitos a receita médica de venda exclusiva em farmácias (MNSRM-EF), uma realidade que a bastonária da Ordem dos Farmacêuticos (OF) não entende.

«Não faz sentido que uma pílula do dia seguinte esteja fora da lista e outra dentro», explicou ao “JN” a bastonária Ana Paula Martins. «É um produto que tem uma relação benefício/risco estabelecida, por isso não é sujeito a prescrição médica: é um produto que se pretende que seja acessível, porque é usado em emergência, mas desde que supervisionado», acrescentou.

O INFARMED justifica a presença do contracetivo de emergência mais recente e a exclusão dos restantes: «a substância ativa ulipristal é mais recente e o seu perfil de segurança não é tão conhecido, tendo sido classificado MNSRM-EF, já ao abrigo do regulamento de 2014 no sentido da salvaguarda da saúde pública».

Envie este conteúdo a outra pessoa