A ansiedade em debate 145

Integrado no ciclo de conferências “60 minutos de formação em saúde integral”, o Instituto Piaget organiza esta quinta-feira, 16 de julho, um debate com o tema “Ansiedade – Abordagem integrativa”. O evento abordará uma das patologias mais prevalentes em Portugal, especialmente nesta fase de pandemia em que a saúde mental ganha especial relevância.

Este ciclo, da iniciativa do Instituto Piaget de Vila Nova de Gaia, compreende quatro debates que abrangem diferentes especialidades médicas e nos quais a audiência poderá obter uma perspetiva de diferentes patologias segundo a medicina convencional e na ótica da medicina tradicional chinesa. Desta forma, a audiência poderá também entender melhor como ambas as medicinas se complementam e podem ser integradas nos diferentes serviços de saúde.

No webinar desta semana, que se segue ao já realizado sobre a hipertensão, o tema da ansiedade será abordado na perspetiva da medicina convencional, da psicologia e psiquiatria e também da medicina tradicional chinesa. No evento serão apresentados os principais mecanismos da ansiedade, abordagens e tratamentos, salientando-se a importância de uma medicina integrada para a saúde do utente.

A condução do debate estará a cargo de Maria João Santos, mestre em Medicina Tradicional Chinesa e doutoranda em Ciências Biomédicas, coordenadora e docente da licenciatura de Acupunctura do Instituto Piaget de V. N. Gaia, exercendo a sua prática clínica no Instituto de Neurociências Prof. Dr. Manuel Laranjeira e na consulta de Acupunctura do Hospital Privado de Alfena; e de Lara Lopes, licenciada em Psicologia, mestre em Medicina Tradicional Chinesa e doutoranda em Ciências Biomédicas, que é investigadora convidada no Instituto Português de Taichi e Chikung e membro da Sociedade Portuguesa de Medicina Tradicional Chinesa.

O evento que se realiza a partir das 18 horas tem acesso gratuito mediante inscrição através do site do Instituto Piaget.

Envie este conteúdo a outra pessoa