Notícias / Empresas e Produtos

Estudo: Insulina da Novo Nordisk demonstra melhoria significativa no controlo da glicemia

 


11 de julho de 2018

Os resultados do estudo realizado em ambiente clínico real CONFIRM – que compara a eficiência de Tresiba (insulina degludec) versus insulina glargina U300 – foram apresentados na 78º Sessão Scientífica da American Diabetes Association (ADA).

O estudo, que incluiu mais de 4 mil adultos com diabetes tipo 2 que começaram a utilizar insulina basal pela primeira vez, mostrou que após 6 meses, as pessoas com diabetes tratadas com Tresiba tinham um valor de HbA1c consideravelmente inferior, comparada com as pessoas com diabetes tratadas com insulina glargina U300.

Como objetivo secundário, registou-se uma redução de 30% dos episódios de hipoglicemia com Tresiba comparativamente à insulina glargina U300. Neste estudo, eventos de hipoglicemia, desde ligeiros a graves, foram registados com a utilização da Classificação Internacional de Doenças (ICD) códigos 9/10 após o diagnóstico de um médico.

Este estudo em ambiente clínico real também demonstrou, noutro objetivo secundário, que as pessoas tratadas com Tresiba tinham menor probabilidade de abandonar o tratamento. As pessoas tratadas com insulina glargina U300 tiveram 37% mais probabilidade de descontinuar o tratamento após dois anos.

«Os estudos em ambiente clínico real são importantes para compreender como os ensaios clínicos se podem traduzir em valor real para os doentes no dia a dia da prática clínica» disse Todd Hobbs, vice-presidente e chief medical officer nos EUA da Novo Nordisk, lê-se num comunicado enviado pela companhia.