Notícias / Empresas e Produtos

Comissão Europeia aprova medicamento para cancro do ovário recorrente

 


05 de dezembro de 2017

A Comissão Europeia aprovou o uso do medicamento Zejula (niraparib), da Tesaro, como monoterapia para o tratamento de mulheres com cancro no ovário recorrente.

«Queremos expressar nossa gratidão a todas as mulheres que participaram desinteressadamente mo programa de desenvolvimento clínico Zejula. Gostaria também de agradecer aos nossos parceiros no ENGOT pela sua diligência na realização do teste ENGOT-OV16 / NOVA, que foi desenvolvido com o mais alto nível de rigor científico. O design exclusivo deste teste, que incluiu mulheres com e sem mutações BRCA, permitiu determinar de forma independente que Zejula oferece uma melhoria significativa da sobrevivência sem progressão numa população de pacientes muito ampla», disse, em comunicado, Mary Lynne Hedley, Ph.D., presidente e diretor de Operações da Tesaro.

«A aprovação da Comissão Europeia do Zejula marca a aprovação do segundo produto da Tesaro na Europa este ano. Estamos empenhados em trabalhar com prestadores de cuidados de saúde, pagadores e grupos de pacientes para permitir o acesso a este tratamento o mais rapidamente possível», acrescentou.

O Zejula foi aprovado pela Food and Drug Administration a 27 de março deste ano.